Perdiz Chukar branca

10.00 IVA incluido

Perdiz é uma ave campestre de grande porte de coloração parda que anda pelo chão, onde faz os seus ninhos e coloca de doze a dezoito ovos.

Habita em regiões campestres com pastagens de vegetação rasteira.

Este animal chega a atingir os trinta e sete centímetros de comprimento e a pesar novecentas gramas, aproximadamente.

O valor que nos estamos apresentar são valor do ovo.

Só há ovos a partir de Maio a Setembro.

COMPARAR PRODUTOS
REF: OVPDCBRAN Categoria:

Descrição

O seu habitat preferido são os campos abertos, com vegetação dispersa, como montados, matos e campos de cereais. a sua necessidade de uma alimentação diversificada, leva-a a evitar as grandes extensões de monocultura.

O bico e as patas são vermelhos, com uma faixa marginada de negro na garganta e uma faixa branca comprida na cabeça, passando por cima dos olhos.

Os flancos são cinzentos claros com barras brancas, negras e vermelhas. No Inverno, reúnem-se em grandes bandos, que se voltam a separar para o acasalamento, na Primavera Seguinte.

Características gerais

Ave de tamanho médio (35 a 40 cm de comprimento). Silhueta roliça, asas curtas, arredondadas e cauda quase inexistente

Cor parda e ocre, com largo babete orlado de preto, peito malhado de preto, flancos com riscas pardas, brancas e pretas.

Bico e patas vermelhos.

Dimorfismo sexual

A distinção entre machos e fêmeas não é fácil. As fêmeas e os machos são muito semelhantes

Normalmente o macho é maior e mais pesado que a fêmea

Os machos apresentam tarsos mais compridos e grossos, esporões com base larga e extremidade arredondada

As fêmeas têm os tarsos mais curtos e delgados e, quando apresentam esporões, estes têm a base estreita e são bicudos;

Os órgãos genitais da fêmea vêem-se melhor na época de reprodução.

A distinção entre adultos e juvenis – com menos de 1 ano pode fazer-se pela observação das remiges primárias (as dez penas da extremidade da asa).

As perdizes têm várias mudas, o que permite identificar as várias idades.

Habitat e Alimentação

Prefere especialmente as zonas de culturas cerealíferas, mas também se pode encontrar na periferia das áreas incultas ou matos, por vezes também em vinhas.

A alimentação da Perdiz é essencialmente insetívora no primeiro mês de vida, evolui radicalmente por forma a englobar produtos de origem quase só vegetal: Grãos, ( trigo, cevada, aveia ), bolota e também folhas, rebentos, bagas, flores e raízes de uma grande variedade de plantas espontâneas.

Comportamento e Reprodução

São aves muito territorialistas, tendo o macho do grupo de afastar outros machos, durante a época da reprodução.

Espécie muito gregária, diferentes agregações ao longo do ciclo anual:Janeiro/Fevereiro: dissociam-se os grupos e juntam-se os casais.

Primavera: grupos reprodutores (casais)

Verão: Grupos familiares (fêmea com as suas crias)

Fim do Verão / Outono: Grupos plurifamiliares (bandos).

Formação dos casais

Grande instabilidade social e espacial. O ninho é feito geralmente no chão, ajudada pelo macho na sua construção, com simples folhas secas, junto a tufos de ervas, debaixo de ramos secos ou mesmo junto a linhas de água ou caminhos.

Postura dos ovos: Março a Abril Sul do país – Abril a Maio Norte

Peso 15 g

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Perdiz Chukar branca”