Mexicana

2.00 IVA incluido

É uma espécie com dimorfismo sexual, tendo os macho uma vistosa cabeça riscada de branco ao contrário das fêmeas que possuem por todo corpo camuflagem adaptada ao meio onde vivem.

COMPARAR PRODUTOS
REF: PDMEX Categoria: Etiquetas: ,

Em Portugal, a sua criação em cativeiro é feita principalmente como ave ornamental.
A sua alimentação é igual as outras aves de caça comuns na Europa, como a perdiz-vermelha e a codorniz-comum, mas ao contrario da maioria das espécies de aves de caça, os seus ovos são de cor branca, completamente desprovidos de camuflagem.

É uma espécie ainda em fase inicial de domesticação e por isso é muito fácil um par incubar e criar a sua prole em cativeiro se as condições forem propícias (mas é necessário precaução porque um aviário pequeno pode levar a que os pais matem as crias logo após o nascimento). Esta espécie obtém a plumagem de adulto entre as 13 e as 16 semanas e caso as condições sejam favoráveis (entre outros factores pelo menos 14 horas de luz diária) as fêmeas começam a postura a partir das 21 semanas.

Variedades/Mutações

Existem várias mutações criadas em cativeiro, sendo a Mexicana, a Branca e a Tennesse as mais comuns (e já possível adquirir aves com essa genética em Portugal).

Legislação relativa a esta espécie em Portugal

Uma vez que não são aves nativas de Portugal, nem consideradas cinegéticas no nosso país, não é necessário alvará/autorização para a sua criação em cativeiro.
Peso 10 g
Quantidade

1 Ovo

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Mexicana”