Aves dos Açores

Mexicana

3.00 IVA incluido

É uma espécie com dimorfismo sexual, tendo os macho uma vistosa cabeça riscada de branco ao contrário das fêmeas que possuem por todo corpo camuflagem adaptada ao meio onde vivem.

REF: PDMEX Categoria: Etiquetas: ,
COMPARAR PRODUTOS
Partilhe!
Partilhe!

Em Portugal, a sua criação em cativeiro é feita principalmente como ave ornamental.
A sua alimentação é igual as outras aves de caça comuns na Europa, como a perdiz-vermelha e a codorniz-comum, mas ao contrario da maioria das espécies de aves de caça, os seus ovos são de cor branca, completamente desprovidos de camuflagem.

É uma espécie ainda em fase inicial de domesticação e por isso é muito fácil um par incubar e criar a sua prole em cativeiro se as condições forem propícias (mas é necessário precaução porque um aviário pequeno pode levar a que os pais matem as crias logo após o nascimento). Esta espécie obtém a plumagem de adulto entre as 13 e as 16 semanas e caso as condições sejam favoráveis (entre outros factores pelo menos 14 horas de luz diária) as fêmeas começam a postura a partir das 21 semanas.

Variedades/Mutações

Existem várias mutações criadas em cativeiro, sendo a Mexicana, a Branca e a Tennesse as mais comuns (e já possível adquirir aves com essa genética em Portugal).

Legislação relativa a esta espécie em Portugal

Uma vez que não são aves nativas de Portugal, nem consideradas cinegéticas no nosso país, não é necessário alvará/autorização para a sua criação em cativeiro.
Peso 10 g
Quantidade

1 Ovo

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Mexicana”
error: